quinta-feira, 27 de junho de 2013

Episódio 9 - Lysandre

Episódio 9 -  Á Beira Mar. Por: Chinomiko.

Explicações:

Corredor principal

Chinomimi: Olá! Tenho algumas informações para te dar, antes que você comece o episódio.

Verdade, qual?

Chinomimi: Esse episódio contém três histórias individuais. Você irá encontrar, de forma aleatória, UM ÚNICO rapaz. Se ele não é o seu preferido, saiba que você precisa primeiro terminar o episódio antes de fazer um replay.

Ah... Ok.

Chinomimi: Assim que você tiver encontrado os três rapazes, você poderá, durante um outro replay, escolher diretamente com qual rapaz você quer começar o episódio. Você entendeu bem?

Sim, entendi.
Não... Você pode repetir, por favor?

Chinomimi: Então eu te desejo bom jogo e te aconselho comprar o "biquíni penduricalho violeta" antes de começar.

Ok!

Chinomimi: Ah, antes que eu me esqueça! Acompanhada do rapaz com quem você está seguindo o episódio, você irá perceber que num certo momento, não haverá nenhum objetivo proposto. Você deverá encontrar algo no cenário para avançar no jogo! Entendeu?

Entendi! Encontrar algo escondido no cenário, ok!

Chinomimi: Bom jogo!

(Começar o episódio)





Praia

(As férias começaram há uma semana e ainda não tenho muitas novidades dos meus colegas de sala...
Meus pais decidiram me trazer para a praia hoje, para que eu mude de ares, só que esqueci do meu biquíni e minha casa está longe...

Bom, o jeito agora é comprar um novo!
E depois vou poder realmente aproveitar da orla e do mar!)

Fui na loja de roupas próxima, comprei o biquíni, me vesti e voltei á praia.

Praia leste

(Bem, agora que vesti meu biquíni novo, eu vou dar uma olhada geral na praia!
Talvez eu encontre algum conhecido!) 



Episódio com Lysandre

Praia sudeste

Vendedor ambulante: Você quer algo, senhorita? Tenho tudo o que precisa! Sorvete, sonho, protetor solar, sandália, tudo mesmo que você precisa!

Não, obrigada, eu não preciso de nada.

Vendedor ambulante: Tem certeza? Nem mesmo um sorvete? Com esse calor, pode ter certeza que só te faria bem!

N-Não obrigada.... (É verdade que há sempre vendedores ambulantes na praia, durante o verão... Pelo menos, se eu precisar de algo, já sei onde procurar.
Engraçado, ele me lembra alguém...)

Praia sul

???: Oh! Mas é a Docete!

(Essa voz...)

Rosalya: Oi! Tudo bem? Eu não imaginava te ver aqui!

Nem eu! (Que maiô lindo...)

Rosalya: Você veio sozinha?

Não, estou com meus pais.

Leigh: Você está em família, não iremos te atrapalhar.

(Ah, Leigh está aqui também... Mas por que ele não está de bermuda?)

Rosalya: Oh! Docete, você tem um protetor solar? Eu esqueci o meu e não estou com vontade de me queimar demais.

Não, eu não tenho, mas eu vou procurar, posso te emprestar depois!

Rosalya: Verdade? Obrigada!

(Será que o vendedor ambulante tem? Eu vou ver
Eu também não quero me queimar, vou comprar um filtro solar.)

Praia sudeste

Vendedor ambulante: Está precisando de alguma coisa?

Estou, o senhor tem filtro solar?

Vendedor ambulante: Tenho sim, claro! 30 $.

Pronto, aqui está.

Vendedor ambulante: E aqui está o seu protetor.

Obrigada!

Praia norte

Aqui está, Rosa! Eu peguei um protetor!

Rosalya: Oh, obrigada! Leigh, você poderia passar o protetor nas minhas costas?

(Ela tem sorte de ter alguém para fazer isso...)

Praia sudoeste

Leigh: Foi gentil de sua parte ajudar a Rosalya.

Bem, eu estava precisando de um protetor solar também.

Leigh: Mas mesmo assim é gentil.

Leigh, por que você não está com roupa de praia?

Leigh: Eu não tenho vontade, simplesmente isso. Além disso, eu não curto muito o sol e esta luz forte.

Ah... Ok.

Praia oeste

Rosalya: Eu tinha esquecido de pegar uma roupa a mais, ainda bem que Leigh me lembrou!

Leigh é realmente gentil, não?

Rosalya: Pois é, super gentil! Ele não gosta de tomar banho de mar e no entanto aceitou vir aqui comigo!

É por isso que ele não está vestido com roupa de praia?

Rosalya: Pois é, ele não fica á vontade com roupa de praia.

(Se bem que, vendo o estilo de roupa que ele usa, a gente imagina que nada deve incomodá-lo...)

Praia oeste

Leigh: Está muito claro o dia... Estou com dor nos olhos.

(Terminar a conversa)

Praia central

Rosalya: Docete, você viu o Lysandre por aqui? Ele veio conosco, mas não o encontro mais em nenhum lugar...

Perai... Lysandre veio com vocês?

Rosalya: Sim, veio. Ele não sai muito, por isso acabamos forçando um pouco para que nos acompanhasse.

(Isso quer dizer que Lysandre está vestido com roupa de praia... Isso quer dizer que vou poder ver a tatuagem! A não ser que ele não tenha colocado uma bermuda, como o irmão...)

Leigh: Algum problema? De repente você ficou bem agitada.

Hã? Não, não é nada!

Rosalya: Vá, confesse, você está com vontade de ver Lys-fofo de roupa de praia!

(Lys-fofo? Por que ela o chama de Lys-fofo?
Pelo que Rosalya falou, ele está com roupa de praia! É agora ou nunca! Eu imagino que a bermuda é no mesmo estilo de suas roupas, acho que vou conseguir encontrá-lo de longe!)

Praia sul

Você não está com Leigh, Rosalya?

Rosalya: Não, ele tenta encontrar um local que não seja muito exposto ao sol, para não ficar com muito calor.

(Terminar a conversa)

Praia sudoeste

Leigh: Eu vi um vendedor ambulante na praia.

Também já encontrei com ele.

Leigh: É estranho, mas eu tenho a impressão de conhecê-lo de algum lugar... Eu não sei de onde.

Eu estou com a mesma impressão.

Praia central

Céus... Onde ele está? Ele não iria embora sem avisar o irmão e nem Rosalya!

Lysandre: Docete, o que você está fazendo aqui?

(Lysandre!!)

Lysandre: O acaso é produtivo. Eu nunca imaginei encontrar alguém da escola aqui.

Oh... Você está vestido normalmente?

Lysandre: Pensando bem, eu não acho que existe roupa de praia no estilo vitoriano...

Ah, ah, é verdade... Mas por quê você está de camisa?

Lysandre: Eu me sinto mais á vontade assim. Por quê?

Por nada... (Hum, agora não consigo ver a tatuagem... Eu tenho que achar um meio de fazê-lo tirar essa camisa!
Eu quero ver a tatuagem... Como poderei fazer isso?)

Lysandre: Você parece contrariada.

Não! De jeito nenhum! (Quer dizer, um pouco, mas assim que eu encontrar um meio de tirar sua camisa, tudo ficará bem)

Praia sudeste

(O vendedor está ocupado com alguns clientes.)

Praia oeste

Rosalya: Então? Você viu Lys-fofo?

Vi...

Rosalya: Não está muito decepcionada? Ah, ah, eu adoraria estar presente para ver sua cara quando o encontrou!

Não é nada gentil rir da cara dos outros assim.

Rosalya: Bem, pelo menos a camisa estava aberta!

Mas é o que está debaixo da camisa que me interessa!

Rosalya: Oooooh! Você quer ver a tatuagem dele? Acho que seria divertido tentar fazê-lo mostrar! Eu vou tentar algo bem sutil que o faça tirar a camisa...

(Ela... Ela tem um lado malicioso que dá medo...)

Praia sudoeste

Leigh: Você viu o vendedor novamente? Descobriu quem ele é?

(Ele ainda está se perguntando sobre isso?) Não, eu não pensei mais sobre isso...

Leigh: Que pena... Isso me incomoda um pouco, eu acho que vou perguntar diretamente.

(Terminar a conversa)

Praia sul

Rosalya: Se não encontrarmos nada, a gente pode tentar tirar á força, na pior das hipóteses!

É um pouco radical como solução, não?

Rosalya: Eu te imaginei mais motivada que isso...

(Eu tenho a impressão que ela iria gostar mesmo de fazer isso...)

Praia sudeste

(O vendedor continua com os mesmos clientes... Parece que ele tenta vender todo o seu estoque!)

Praia central

(Claro! Eu vou pedir para Lysandre vir tomar banho de mar comigo! Ele não vai cair na água de camisa e assim poderei ver a tatuagem!)

Lysandre: Por quê você está com esse sorriso nos lábios?

Ah! Você estava me seguindo?

Lysandre: Estamos na mesma praia, é normal que nossos caminhos se cruzem. Isso não quer dizer que eu esteja te seguindo.

Com certeza... Bom, já que você está aqui, não queria dar um mergulho comigo?

Lysandre: Você deveria pedir isso para a Rosalya...

Ah, por favor!
Por quê Rosalya? Você está com medo?
Você não sabe nadar, é isso?

Lysandre: Eu sei nadar. Eu só não estou com vontade de tomar banho agora.

Eu conheço gente que é mais velha que você e que não sabe nadar...

Lysandre: Você está falando sério?

Sim... (Poxa, perdi!)

Lysandre: Não faça essa cara! Se você não quer ir sozinha, vá perguntar para a Rosalya.

Você poderia ter pena de mim...
Você não é nada legal.

Lysandre: Eu posso procurá-la para você, se quiser.

Não, precisa não... (Já que falei, agora sou obrigada a dar um mergulho...
Eu dei meu mergulho sozinha. Ainda bem que não tinha muita gente para me ver
Lysandre não estava mais na beira do mar quando eu saí)
Lysandre? (Talvez ele tenha ido mesmo procurar a Rosalya...
Brrr... Estou com frio... A água não estava tão boa assim... Ah, isso me deu uma ideia! Lysandre é gentil, se eu pedir a camisa emprestada, com certeza ele me dará!)

Praia oeste

Rosalya: Lysandre veio me buscar, ele quer que eu mergulhe com você.

Pois é... Eu tentei levá-lo para a água, mas ele não quis...

Rosalya: Sim, eu sabia! Era uma boa ideia!

Mas não funcionou...

Rosalya: Você tem o dia todo, não desanime! Eu também vou tentar achar uma ideia, juntas iremos conseguir!

(Terminar a conversa)

Praia sudoeste

Leigh: Você está tremendo, está com frio? Você quer uma toalha para se aquecer?

Não, obrigada! (Eu tenho outros planos...)

Leigh: Tem certeza? Você me faz pensar no meu irmão. Ele também nunca aceita ajuda. Exceto quando tenho que procurar seu bloco de notas.

Ah, ah, eu acho que ele pediu para todo mundo.

Leigh: Para você também?

Uma ou duas vezes, sim.

Leigh: Ele não muda nunca.

(Terminar a conversa)

Praia oeste

Leigh: Inclusive, ele não trouxe o famoso bloco de notas hoje, por medo de perdê-lo.

É verdade que seria difícil encontrar aqui... Principalmente escondido na areia.

Leigh: Ele estava mais com medo que caísse na água...

Mas ele não iria levar para perto do mar, iria?

Leigh: Ele poderia esquecer que estava com o bloco de notas.

(Ah, ah... Ele não aprende nunca...)

Praia norte

Lysandre: Oh, você já saiu da água?

Sim, ela estava um pouco fria...

Lysandre: É verdade que o céu começou a ficar nublado...

Estou com muito frio... Bem que eu gostaria de ter algo para cobrir meus ombros...
Lysandre, você poderia me emprestar sua camisa?
(Estou rangendo os dentes com força para ver se ele capta a mensagem)

Lysandre: ... Está com frio?

Um pouco... (Aaaah! Será que vai funcionar?)

Lysandre: Eu te empresto a minha camisa, então. Você ficará com menos frio vestida com ela.

(Yes!!!)

Lysandre: Se bem que... Você não deixaria de sentir frio, ela não é muito apropriada... Vamos perguntar para meu irmão e Rosa se eles não têm toalhas.

Oh... Eu acho que a camisa seria suficiente para mim!

Lysandre: A toalha seria bem melhor, com certeza.

Bom, então vamos pegar a toalha...

Praia central

Rosalya: ...

(Ela me olhou, depois olhou para Lysandre e suspirou)

Lysandre: Estava te procurando, Rosa. Você poderia emprestar uma toalha para Docete? Ela precisa se aquecer um pouco.

(Bem, após caminhar tanto, eu acho que tive tempo de me aquecer um pouco sozinha)

Rosalya: Tenho sim, tome Docete. Você terá mais sorte da próxima vez.

Obrigada... (Eu confesso perder minhas esperanças)

Lysandre: Se não for incômodo, eu tenho que ir procurar Leigh. Eu preciso perguntar algo para ele.

Oh... Não, nenhum problema.

Rosalya: Eu tive uma ideia, Docete. Uma ideia genial!

Medo...

Rosalya: Por quê? É uma ideia de gênio, eu te garanto!

O que é?

Rosalya: Um inseto! Você coloca um inseto na camisa dele. Assim, ele será obrigado a tirá-la. Ele nunca mataria um inseto!

Eu não vou pegar um bicho para colocar na camisa dele! Eu detesto insetos!

Rosalya: Deixe disso! Venha, vamos encontrar uma maneira de encontrar um grande e transportá-lo sem precisar tocá-lo! Você vai ver, isso vai funcionar!

Ok, mas é VOCÊ que vai pegar o inseto!

Praia sul

Rosalya: A gente precisa encontrar algo que o mar devolveu...

Um graveto, talvez?

Rosalya: Isso! Um graveto, boa ideia! Depois é só fazer com que o inseto suba e assim a gente poderá levá-lo!

Mas ainda falta encontrar o pedaço de madeira...

Rosalya: E um inseto!

(Terminar a conversa)

Praia central

Lysandre: Por quê Rosalya está olhando para a areia dessa maneira?

O quê? Ah, ela só perdeu algo! (Eu não posso dizer que ela está procurando um inseto...)

Rosalya: Não se preocupe, Lys-fofo, eu vou acabar achando o que procuro! Além disso, Docete me ajuda!

P-Pois é! Vamos encontrar!

Lysandre: Se estiverem precisando de ajuda, não hesitem em me falar.

(Terminar a conversa)

Achei o graveto na areia
Praia sul

Rosalya: Legal! Só falta agora achar um inseto! Eu vi um monte de formiga na areia e alguns bichinhos pretos, mas eles não eram muito grandes...

A gente não vai também pegar algo desse tamanho, né?!

Rosalya: Se for muito pequeno, ele nem vai se preocupar em fazer algo!

Ok, como queira... Você conhece Lysandre melhor do que eu.

Praia sudoeste

Vendedor ambulante: Está precisando de algo?

Bem...

Rosalya: Você não teria uma aranha gigante? Ou uma barata? Uma barata bem grande?

Eu não acho que ele tenha algo assim, Rosa...

Vendedor ambulante: Você tem razão, eu não tenho insetos aqui comigo. Mas eu posso propor algo diferente! Uma coisinha?

Um inseto de mentira?

Vendedor ambulante: Não, nada disso.

Então deixa pra lá...
Está bem, o que o senhor tem aí?

Vendedor ambulante: Espera, eu vou ver se tenho algo que possa interessar as duas, mas não será de graça!

Deixe pra lá, eu não tenho dinheiro.
(Esperar para ver o que ele tem)

Vendedor ambulante: Eu tenho um acessório pequeno! Um bigode!

Um bigode?!

Vendedor ambulante: Sim, um bigode! Quer?

Não, obrigada...
Quanto custa?

Vendedor ambulante: É de graça! Tome, com prazer!

(Ele me deu um bigode falso para colar no rosto)

Praia oeste

Rosalya: Não se mexa!

Hein? O quê? Por quê?

Rosalya: Uma aranha! Eu vi uma escondida nessa rocha!

Espera ai, você quer pegar uma aranha? Venha, vamos procurar outro bichinho!

Rosalya: Mas já faz um tempão que estamos procurando e nada! Não, a gente vai pegar uma aranha sim. Me dá o graveto!

Você é teimosa, viu!

Rosalya: Vem, aranhinha, sobe no graveto! Sobe!

E se ela escapar antes que a gente encontre Lysandre?

Rosalya: Oh? Ah, não, você vai sozinha! Eu só estou te ajudando na execução do plano!

(Ela me entregou o graveto com a aranha imóvel na ponta.)

Rosalya: Eu te incentivo de longe! Vá, Docete, é por uma boa causa, pense na tatuagem!

(Realmente é a minha oportunidade... No entanto, geralmente, as aranhas estão bem escondidas na praia...)

Praia norte

(Lysandre está aqui! Ele está olhando as ondas, pensativo.
Eu me aproximei lentamente, como quem não quer nada, e apontei o graveto na direção de Lysandre. A aranha foi obediente e subiu rapidamente nele.)

Lysandre: Oh, você está aqui? Sinto muito, eu sempre tenho a impressão que não tem ninguém ao meu redor quando estou pensando em outra coisa.

T-Tudo bem (Eu deixei o graveto cair no chão) Lysandre, você... Você tem algo no ombro.

Lysandre: Hum? Não é nada, é só uma aranha...

(Ele deu uma batida leve com a mão para que ela saísse. O problema é que ela foi na minha direção e eu acabei ficando com uma aranha no cabelo.)

Lysandre: Nossa! Desculpe!

O quê!!
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH! (Eu corri para todo o lado, tentando tirar a aranha dos meus cabelos.)

Praia nordeste

(Eu corri até o outro lado da praia... E a aranha não estava mais nos meus cabelos.
Por quê meus planos sempre terminam assim...?!)

Praia norte

Lysandre: Eu sinto muito mesmo! Eu não sabia que você tinha medo de insetos.

Eu não tenho medo, só não gosto muito de receber um bem na cabeça...

Lysandre: O jeito é rir, foi só um susto.

Sim... Você não teve medo nenhum?

Lysandre: Sabe, eu cresci no interior, meus pais tinham uma fazenda, os insetos faziam parte do meu dia-a-dia.

Deve ter sito um inferno!
No interior? É meu sonho!

Lysandre: Eu não gostava muito e meu irmão ainda menos. Mas não tinha apenas o lado negativo de morar com os animais. Meus pais tinham um cercado aonde eu acabava ficando bastante tempo quando criança.

Que tipo de animal tinha dentro do cercado?

Lysandre: Coelhos. Eu sempre abria o cercado para brincar com eles no celeiro e eles nunca iam muito longe.




(Eu imagino Lysandre com vários coelhos ao redor... Sele ele ficava mais com os animais, talvez isso explique o seu lado misterioso e silencioso.)

Lysandre: É a única coisa que me faz falta. Mas eu era contra a ideia de criar animais para depois levá-los ao abate... Além disso, eu e Leigh preferimos bem mais o ambiente urbano.

Vocês não moram mais com seus pais, então?

Lysandre: Como Leigh é maior de idade, ele tem uma apartamento e eu moro com ele para poder ir á escola. Nós vamos sempre visitar nossos pais.

Você não sente falta deles?

Lysandre: Nem tanto, pois eu os vejo sempre, além disso meu irmão está perto. Eu nunca fui muito ligado a eles. Mas eles são gentis, mesmo assim...

(É por isso que ele e Leigh parecem tão próximos)

Lysandre: Mas já falei demais sobre mim. Desculpe novamente pela aranha.

Não foi nada (Além do mais, eu mereci...
Estou com vontade de tenta, pela última vez, fazer Lysandre tirar a camisa... A primeira ideia de Rosalya não foi tão boa, talvez a segunda será melhor!)

Praia noroeste

Lysandre: Falar de minha infância me deixou nostálgico...

Está vendo, seus pais te fazem falta.
E eu pensei que você estava bem na cidade!

Lysandre: Como já te falei, não havia apenas um lado negativo morar com eles... Mas, mesmo assim, eu prefiro morar com Leigh.

(Terminar a conversa)

Praia sudeste

Dake: Oi! Tudo bom? Está sozinha?

Hein? Oh, olá... Agora sim, mas estou procurando uma amiga...

Dake: Deixa pra lá sua amiga! Vem comigo!

Não, mas obrigado mesmo assim...
Bem, se você insiste...

Dake: Vai, deixa de ser tímida! Eu não mordo... Pelo menos não agora.

Êi! (Ele me pegou pelo braço e me forçou a acompanhá-lo.)

Praia sudoeste

Dake: Então, diz pra mim em qual escola você está, eu vou me inscrever logo!

Estudo em Sweet Amoris.

Dake: Eu não sabia que havia garotas tão bonitas por lá... Que pena que é tão longe da minha casa.

Obrigada!
Foi um elogio, isso?

Dake: ... Da próxima vez tentarei ser menos sutil.

Foi uma ironia.

Dake: Eu tinha percebido. E você, como você se chama?

Docete (Mas eu não estou nem aí para saber o seu nome...)
Docete, e você?

Dake: Um nome tão bonito quanto a dona! Eu me chamo Dakota, mas todo mundo me chama de Dake.

Encantada!

Praia oeste

Dake: Você vem sempre aqui?

Não, é a primeira vez. Eu morava em outra cidade antes.

Dake: Sério? Eu também não sou daqui, sou originário da Austrália. Eu vim visitar alguns familiares. Eu fiquei contente quando soube que tinha uma praia perto, mas aqui não tem boa onda, eu trouxe minha prancha sem necessidade.

Você curte surfar? Que massa!
Por quê você não volta, então?

Dake: Eu não vou voltar quando estou com uma companhia tão agradável.

(Terminar a conversa)

Praia sudeste

Você poderia me deixar em paz... Eu tinha algumas coisas pra fazer antes de você se colar em mim.

Dake: Deixe pra lá tudo isso. Temos coisas mais importantes para fazer.

O quê... (Ele pegou a minha mãe e começou a me levar mais uma vez)

Lysandre: Ela te disse não, eu ouvi bem...

(Lysandre! Ele está aqui deste quando?)

Dake: O quê? Quem você pensa que é para me falar assim?

Deixe ele em paz, é um dos meus amigos!

Lysandre: ... Venha Docete, vamos deixar esse jovem rapaz tranquilo.

Obrigada, Lysandre...

Dake: "Jovem rapaz"? ... Não me diga que você prefere um cara como esse, Docete?

Lysandre: E por quê não? Agora dá licença, não serve para nada continuar esse tipo de conversa.

(Ele está um pouco mais fechado do que o normal...)

Dake: Para de me tratar assim! Que coisa, vocês dois são estranhos...

(Ele foi embora sem me levar com ele dessa vez)

Lysandre: Você atrai mesmo os problemas.

Eu não faço por querer! Eu nem sei por que ele veio falar comigo.

Lysandre: Se você se olhasse com um pouco mais de atenção no espelho, poderia entender um pouco mais.

Eu me vejo todo dia e não encontro nada de especial...
Como? Por quê, tenho algo no rosto?
O que você quer dizer com isso?

Lysandre: Por nada... Você vem comigo? Acho que devemos sair daqui, antes que o gentleman decida voltar.

(Ah, ah, Lysandre irônico, é realmente engraçado) Eu estava procurando Rosalya antes dele chegar, eu vou continuar sozinha.

Lysandre: É? Hoje você passou bastante tempo com ela, estou quase com ciúmes.

(E é por sua causa que vou encontrar com ela...
Bem... Rosalya, eu espero que você tenha uma super ideia desta vez, e a minha última chance!)

Praia sudoeste

Rosalya: Eu te vi com um rapaz bronzeado, você estava tão decepcionada por não ter visto a tatuagem do Lysandre que decidiu se dirigir a um outro tatuado?

Não, ele ficou no meu pé, eu queria ficar sozinha...

Rosalya: Ainda bem! Então, em que pé está seu plano?

Eu ainda estou procurando um plano... Eu contava com você para me dar uma das suas "boas" ideias...

Rosalya: Eu seguro ele e você tira a camisa?

Uma ideia que não precise segurar Lysandre...

Rosalya: Verdade... Fora que ele é muito forte, a gente não conseguiria.

E aí? Você tem uma outra ideia? Por que eu não tenho nenhuma...

Rosalya: Ele tem que tirar a camisa por ele mesmo... Você pode propor de passar filtro solar.

Eu... Eu nunca conseguiria! É muito... Quer dizer, não é o tipo de coisa que se faz com um colega de sala!

Rosalya: Você quer ver a tatuagem, sim ou não?

Q-Quero...

Rosalya: Então, vá! Você comprou um protetor solar, tem mais que usar!

C-Certo... (Ai, ai... Onde é que eu estou me metendo novamente...)

Praia oeste

(Como posso propor isso... Ele vai duvidar de algo, com certeza...)

Lysandre: Você estava distraída com seus pensamentos hoje a maior parte do tempo.

Ah! Você está aqui!

Lysandre: Quando eu decidir ir embora, eu te aviso, não se preocupe.

Eu não me preocupo... Lysandre, eu estava me perguntando, você... (Acabei de me dar conta do ridículo da minha ideia... Ele está com uma camisa, não corre o risco de se queimar no sol!)

Lysandre: Eu? Você está com o protetor solar na sua mão, você quer que eu passe, é isso?

Hein? Falando sério?

Lysandre: Não era isso que você ia dizer? Eu vi que você estava constrangida, por isso cheguei a essa conclusão...


N-Não, eu não! (Ele é gentil, mas não quero que ele passe creme nas minhas costas...)
S-Sim... Se você não se incomodar... (Se eu soubesse que as coisas iriam tomar esse rumo!)

(Eu me sentei do lado dele e ele começou a passar o protetor nas minhas costas)


Lysandre: Pronto, talvez não tenha tanta utilidade, visto que o sol decidiu se esconder...

O-Obrigada, Lysandre. (Eu estou constrangida... mas ao mesmo tempo, feliz!)

Lysandre: Acho que vou para casa agora... O tempo realmente não estava do nosso lado hoje...

Oh... Que pena.

Lysandre: Você quer ficar do meu lado enquanto eu procuro meu irmão e Rosa?

Está bem!

Praia oeste

(Nós começados a andar em círculos na praia, procurando Rosalya e Leigh... As primeiras gotas começaram a cair.)

A gente deveria voltar para casa, não?
Vamos tentar encontrá-los antes que a chuva piore...

Lysandre: Onde será que eles estão? Nós deveríamos acelerar, antes de ficarmos completamente molhados.

Sim!
(A chuva começou a cair cada vez mais forte e acabamos no meio de uma verdadeira tempestade.)



(Lysandre tirou a camisa para nos proteger um pouco da chuva, enquanto corríamos para um abrigo.
Acabamos encontrando Rosalya e Leigh e fomos cada um para a sua casa, antes que o tempo piorasse ainda mais.
No final, Lysandre acabou tirando a camisa, mas estava meio escuro e como não vi nada, a tatuagem dele continua sendo um mistério...)

(Fim do episódio)

11 comentários:

  1. o loveo tem que estar acima de quanto pra ele passar o protetor :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahhh não meu loveo com ele está -1 buáaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaá

      Excluir
    2. Ele não me passou protetor ::>_<::

      Excluir
  2. eu naooooo conseguiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii! raiva eterna!!!!!! aaaaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!!!

    ResponderExcluir
  3. Ele e mt fofoo ☺ 💚 to tentando passa esse!!

    ResponderExcluir
  4. Vou conseguir, meu loveo com ele é 92

    ResponderExcluir
  5. Lysandre: Você atrai mesmo os problemas.

    Eu não faço por querer! Eu nem sei por que ele veio falar comigo.

    Lysandre: Se você se olhasse com um pouco mais de atenção no espelho, poderia entender um pouco mais.

    Né por nada não Lys...Mas eu senti uma cantada no ar. :3

    ResponderExcluir
  6. Impressionante! Eu só tenho um código de créditos IMVU e surpreendentemente funcionou! Verificar este site http://imvucreditsgenerator.com

    ResponderExcluir
  7. Euuuuuuuu conseguiii todas as tres imagens <3

    ResponderExcluir