segunda-feira, 24 de junho de 2013

Episódio 9 - Nathaniel

Episódio 9 -  Á Beira Mar. Por: Chinomiko.

Explicações:

Corredor principal

Chinomimi: Olá! Tenho algumas informações para te dar, antes que você comece o episódio.

Verdade, qual?

Chinomimi: Esse episódio contém três histórias individuais. Você irá encontrar, de forma aleatória, UM ÚNICO rapaz. Se ele não é o seu preferido, saiba que você precisa primeiro terminar o episódio antes de fazer um replay.

Ah... Ok.

Chinomimi: Assim que você tiver encontrado os três rapazes, você poderá, durante um outro replay, escolher diretamente com qual rapaz você quer começar o episódio. Você entendeu bem?

Sim, entendi.
Não... Você pode repetir, por favor?

Chinomimi: Então eu te desejo bom jogo e te aconselho comprar o "biquíni penduricalho violeta" antes de começar.

Ok!

Chinomimi: Ah, antes que eu me esqueça! Acompanhada do rapaz com quem você está seguindo o episódio, você irá perceber que num certo momento, não haverá nenhum objetivo proposto. Você deverá encontrar algo no cenário para avançar no jogo! Entendeu?

Entendi! Encontrar algo escondido no cenário, ok!

Chinomimi: Bom jogo!

(Começar o episódio)





Praia

(As férias começaram há uma semana e ainda não tenho muitas novidades dos meus colegas de sala...
Meus pais decidiram me trazer para a praia hoje, para que eu mude de ares, só que esqueci do meu biquíni e minha casa está longe...

Bom, o jeito agora é comprar um novo!
E depois vou poder realmente aproveitar da orla e do mar!)

Fui na loja de roupas próxima, comprei o biquíni, me vesti e voltei á praia.

Praia leste

(Bem, agora que vesti meu biquíni novo, eu vou dar uma olhada geral na praia!
Talvez eu encontre algum conhecido!) 



Episódio com Nathaniel

Praia sudeste

Vendedor ambulante: Você quer algo, senhorita? Tenho tudo o que precisa! Sorvete, sonho, protetor solar, sandália, tudo mesmo que você precisa!

Não, obrigada, eu não preciso de nada.

Vendedor ambulante: Tem certeza? Nem mesmo um sorvete? Com esse calor, pode ter certeza que só te faria bem!

N-Não obrigada.... (É verdade que há sempre vendedores ambulantes na praia, durante o verão... Pelo menos, se eu precisar de algo, já sei onde procurar.
Engraçado, ele me lembra alguém...)

Praia sul

(Não tem muita gente no momento...)

Praia noroeste

(Acho que dessa vez eu não verei ninguém... Eu vou encontrar meus pais.)

Nathaniel: Como vai, Docete?

Olá Nathaniel! O que você veio fazer na praia?

Nathaniel: Quando a gente vem á praia, na maioria das vezes, é para tomar banho de mar. Estou aqui com minha irmã, para passarmos um pouco de tempo juntos.

Ah, Ambre está aqui também?

Ambre: Sim, Ambre está aqui também...

(Ela não parece muito contente em me ver)

Nathaniel: Desculpe Docete, eu vou colocar meus pertences um pouco mais longe. Acabamos de chegar, não achamos ainda um lugar.

Ok. Nenhum problema (ele se distanciou apenas um pouco para colocar a toalha de praia e o guarda sol na areia)

Ambre: Escute bem Docete, a intrometida. Estou aqui com o Nathaniel para ficarmos JUNTOS, eu e MEU irmão. Por isso, não venha nos atrapalhar. Vá ver se estou na esquina!

Como se eu quisesse ficar perto de você...

Ambre: De qualquer maneira, ele veio aqui por mim. Se você acha que vai roubá-lo de mim, pode tirar seu cavalinho da chuva. Eu não vou deixar. Nos deixe tranquilos, agora!

Calminha, "princesa", se estou com vontade de passar um tempo com o Nathaniel não é você que vai me impedir...

Ambre: Quer apostar?

Como assim?

Ambre: Desde que você chegou na escola, você tenta colocar meu irmão contra mim. Pois eu vou te provar que continuo sendo a irmãzinha querida e que uma boboca da sua espécie não poderá mudar isso em nada.

Você se queimou sozinha, com todas as bobagens que fez...

Ambre: Pense o que quiser, não estou nem aí.

(Mas então por que você me persegue sempre com isso?
Pensando bem, como Nathaniel está aqui, eu não vejo nenhum motivo para não aproveitar a sua presença. É uma oportunidade única encontrá-lo fora da escola.
E me livrar da Ambre, se possível...)

Praia sudoeste

Você terminou de preparar suas coisas?

Nathaniel: Sim, acabei de terminar, não foi tão longo. Eu estou contente que você esteja aqui hoje.

Eu não esperava te ver, foi mesmo uma surpresa.
Eu também, não poderia ter imaginado melhor!
Eu preferia ter encontrado outra pessoa, mas enfim...

Nathaniel: Verdade? É recíproco, então. Se eu soubesse que teria a oportunidade de te ver de biquíni, eu ficaria...
... Eu quero dizer... Está... Está um calor, não acha?

É mesmo, você está todo vermelho... Você se queimou no sol?

Ambre: Nath, o que você está fazendo? Por que ela ainda está aqui?

"Ela" tem um nome, sabia?

Nathaniel: Eu não vim aqui para te ouvir se queixar, Ambre. Docete está aqui conosco, seria besteira deixá-la sozinha.

Obrigada, Nathaniel.

Ambre: Mas você tinha dito que passaríamos um tempo juntos, só nós dois...

(Ela está falando como uma menininha de propósito!)

Nathaniel: ... Desculpe, Docete, ela tem razão. Eu espero que você não fique chateada comigo, eu vim aqui por causa da Ambre.

Oh... Sim, eu entendo.

Ambre: Hi hi...

(Pelo menos descobri onde a Bia pegou aquela risada de pestinha...
Mas isto não vai ficar assim...)

Praia sul

(Acabei de receber uma bolinha de plástico na perna)

Ambre: Sinto muito, se eu soubesse, teria batido ainda com mais força.

Vocês estão jogando frescobol? (Ela tem uma raquete na mão)

Ambre: Você queria que a gente estivesse fazendo o quê? Um castelo de areia?

Seria algo para imortalizar e entregar para Peggy, na volta ás aulas...

Nathaniel: Não precisa levar três horas para recuperar uma bola, Ambre. Ela te machucou, Docete?

Não... Machucou não! Ela não é forte o suficiente... Ai!
(Ela acabou de jogar a bolinha de plástico na minha cabeça.)
Eu posso jogar, Nathaniel? Estou sem fazer nada... E parece bem legal!

Nathaniel: Eu bem que gostaria, mas só temos duas raquetes...

Podemos jogar cada um sua vez!

Ambre: Nem pense! Você não vai tocar na minha raquete e eu me recuso a jogar com você!

Está com medo de perder?

Ambre: Não, mas como eu deixei a bola te bater sem querer, eu tenho certeza que você vai querer se vingar e me machucar...

(Ela está falando de novo como uma menininha... Como se Nathaniel fosse acreditar.)

Nathaniel: ... Talvez não seja mesmo uma boa idéia. Por que você não pega uma raquete, Docete? Se você não tiver, tenho certeza que o vendedor ambulante tem.

Ok, eu vou ver.

Ambre: ...

(Está sem palavras, hein?)

Praia norte

Vendedor ambulante: Olá novamente, senhorita! Quer alguma coisa?

O senhor teria algum jogo de praia?

Vendedor ambulante: Claro! Eu tenho baldinho, pá de plástico, bolas...

O senhor teria uma raquete?

Vendedor ambulante: Eu tenho o jogo completo, não apenas uma raquete. Ou seja, tenho duas raquetes e uma bola de plástico.

Está bem! Quanto custa?

Vendedor ambulante: 12 $.

Aqui está!

Vendedor ambulante: Aqui está o jogo.

(Terminar a conversa)

Praia nordeste

Nathaniel: Você tem uma raquete?

Eu tenho duas! Agora podemos jogar!

Nathaniel: Legal! Tente não deixar a bola cair muito!

Quem você pensa que é? Eu sou mais forte do que você pensa!
Eu vou tentar, prometo.
O melhor então é eu nem jogar, se for assim...

Nathaniel: Ah ah! Eu quero só ver!

(Ele me jogou a bola de plástico para que eu pegue e comece a jogada.)

Ambre: E eu? Eu pensei que você tinha pedido para ela comprar uma raquete para assim ficar longe da gente!

Que simpático...

Nathaniel: Você não vai morrer se eu jogar uma partida com a Docete!

Ambre: Eu não quero! Você tinha prometido...

(Vamos ver se ela é tão forte assim.)

Nathaniel: Tente fazer isso com os nossos pais, mas não comigo. Pare com seus caprichos de criança de seis anos... É ridículo, Ambre.

Ambre: ... Você é mesmo um idiota!

(Ela se distanciou de cara feia)

Nathaniel: Venha, vamos para mais longe também... Ela me irrita com sua infantilidade.

Está bem...

Praia norte

Nathaniel: Vamos para mais longe. A praia é grande.

Eu sinto muito por Ambre, eu não queria que vocês dois brigassem...

Nathaniel: Não tem problema, não se preocupe. Eu estou acostumado.

(Terminar a conversa)

Praia sul

Nathaniel: Vamos para mais longe.

(Terminar a conversa)

Praia sudoeste

Vendedor ambulante: Está precisando de mais alguma coisa, senhorita?

Não, obrigada!

Nathaniel: Venha, vamos para mais longe, não podemos jogar com esse senhor tão perto.

(Terminar a conversa)

Praia noroeste

Nathaniel: Aqui está bom! Nos teremos tempo de vê-la chegar de longe!

Eu vou poder lançar uma bola no meio do rosto dela?

Nathaniel: Eu não gostaria...

Prometo, meu alvo será só a cabeça!
Você não tem graça!
Pelo menos confesse que bem que ela merecia!

Nathaniel: Você também não é mole com ela, mesmo se é ela quem procura encrenca.

Pois é... Mas como você mesmo diz, isso é porque ela procura encrenca!

Nathaniel: ... Eu me preocupo com Ambre... Tenho medo que ela faça uma bobagem de novo.

"De novo"?

Nathaniel: Uma vez ela ficou doente de propósito para que a gente cuidasse dela. Mais um capricho. Em casa, somos todos alérgicos a alguma coisa: minha mãe é alérgica aos gatos, eu ás plantas... E Ambre ao amendoim.

É um ato bobo demais!

Nathaniel: Não é uma alergia muito forte... Ela só fica com caroços por todo o corpo. Por isso ela deve ter pensado que não era tão grave assim comer amêndoas.

... Aqui ela não vai poder encontrar nem amêndoa, nem amendoim. Não há nenhum risco.

Nathaniel: Talvez o vendedor ambulante tenha? Ele parece ter um pouco de tudo... Você se incomodaria se a gente fosse procurá-la? Se ela fizer bobagem, sou eu que pagarei as consequências...

Sem problema, vamos procurá-la.

Nathaniel: Muito obrigado!

(Terminar a conversa)

Praia norte

Ambre: Foi bom? Vocês brincaram bem com o joguinho?

(Ambre está sentada de braços cruzados sob o guarda-sol que Nathaniel colocou).

Nathaniel: Você também estava jogando antes da Docete chegar... Vamos, pare de fazer cara feia.

Ambre: Não. Eu tinha esquecido de pegar o protetor solar, eu tenho a pele sensível. Eu quero voltar para casa.

(Não acredito! Quem ela quer enganar! É só para que eu não fique junto do Nathaniel!) Eu posso te emprestar o meu, se você quiser.

Nathaniel: Verdade? Seria gentileza sua, Ambre está dizendo a verdade, ela tem a pele sensível.

Não tem problema, eu vou procurar meu protetor solar!

(Quer dizer, eu vou comprar um no vendedor ambulante, porque eu não tenho, para falar a verdade. Eu não queria que eles fossem embora.)

Praia sudoeste

Vendedor ambulante: A senhorita precisa de mais alguma coisa?

Preciso sim, o senhor teria protetor solar, por favor?

Vendedor ambulante: Sim, claro! É o produto que eu mais vendo! Ele custa 20 $!

Aqui está!

Vendedor ambulante: Aqui está!

Obrigada!

Praia noroeste

Ambre: ...

Estou com o protetor. Você vai poder passar...

Ambre: Ele é novo, seu protetor solar, eu pensei que você já tinha...

Eu não utilizei ainda, só isso...

Ambre: De qualquer maneira, você se cansou por nada. Eu não posso passar nas costas e está fora de cogitação que você passe em mim.

Como se eu tivesse vontade!

Ambre: Que pena, vamos ter que entrar... Eu te disse que eu não te deixaria tranquila.

... (Pestinha!)

Nathaniel: Oh, Docete, você pôde pegar seu protetor solar, então?

Sim... Mas isso não é o suficiente para a "princesa"...
Sim... Mas a boboca da sua irmã quer ir embora mesmo assim.

Nathaniel: Como assim?

Ambre: Hum... Nada. Eu não posso passar nas minhas costas, só isso...

(Por que de repente ela ficou contrariada?)

Nathaniel: Se é por isso, eu posso te passar.

(Ah, talvez por isso... Ela não pode dizer não ao irmão.
Nathaniel passou rapidamente o protetor nas costas da irmã e ela terminou de passar no resto do corpo.)

Nathaniel: Vou aproveitar e passar nas suas costas também, Docete. Você está com os ombros vermelhos.

Hein? É... Sim, está bem!
Hein? É... Não precisa, obrigada.

Nathaniel: Sente-se, será mais fácil do que em pé.

(Eu me sentei e ele se sentou também)



(Eu estava surpresa e constrangida, quase não me mexi)

Nathaniel: Pronto! Agora vocês não correm o risco de se queimar no sol!

Obrigada.

Ambre: ...

(Ambre está realmente com raiva dessa vez... Ah ah! No entanto não pedi para ninguém cuidar de mim!)

Ambre: Você foi realmente gentil, Docete, você me comoveu... Sabe o que seria ainda melhor? Que você fosse comprar sorvete para a gente, enquanto eu fico um pouco com meu irmão. Você já roubou ele de mim o bastante, não?

Vá você mesma comprar!

Ambre: Mas... Eu queria apenas passar um tempo com meu irmão... Por quê você não quer, Docete?

(Isso não funcionou uma vez, você acha que vai funcionar agora...)

Nathaniel: Eu sei que é pedir demais, mas você não poderia pegar sorvete para a gente? Eu vim por Ambre, no final das contas.

Ah... (Céus! Eu não consigo me livrar dela nunca!)

Ambre: Se você não quiser, não tem problema... Eu pensei apenas que você entenderia...

... (Ela me irrita quando fala como uma criança!)

(Bom... Lá vou eu encontrar de novo o vendedor ambulante, ele deve ter...)

Praia nordeste

(De longe, dá para ver Nathaniel e Ambre jogando frescobol
Quando ela tiver o sorvete, ela já vai querer outra coisa, já estou vendo...
Eu preciso encontrar algo para deixá-la longe por um tempo...)

Praia noroeste

Cadê o vendedor?

Praia norte

Vendedor ambulante: Está precisando de alguma coisa?

(Quantas vezes ele disse essa frase hoje?) Sim, eu gostaria de saber se o senhor tem sorvete para vender?

Vendedor ambulante: Sim, iguais aos sorvetes que encontramos nas sorveterias. Eu tenho sorvete de morango, chocolate, baunilha com pedacinhos de amendoim e cobertura de chocolate.

Poxa... Amendoim não, Ambre é alérg...
(Espera aí... Nathaniel me disse que não era uma alergia muito grave... Se ela experimentar amendoim, só vai ficar um pouco empolada.)

Vendedor ambulante: Senhorita?

Dá pra ver os pedacinhos de amendoim no sorvete?

Vendedor ambulante: Por quê a pergunta? Eu não sei, acho que não, todos estão com uma cobertura de chocolate, então eu acho que não.

Legal! Então eu quero três sorvetes de baunilha, por favor!

Vendedor ambulante: Perfeito! O total é 9 $.

Aqui está!

Vendedor ambulante: Aqui está.

Obrigada!

Vendedor ambulante: Deseja outra coisa? Como a senhorita veio várias vezes comprar alguma coisa, eu posso vender um produto especial!

Ah, é? E o que o senhor propõe?
Não, obrigada, não será necessário.

Vendedor ambulante: Deixa eu olhar o que tenho. Um bigode falso, o que acha?

Certo, quanto custa?
Não, obrigada, não vou gastar meu dinheiro com isso.

Vendedor ambulante: Eu te dou!

Muito obrigada!

Praia sul

Pronto! Aqui estão os sorvetes!

Ambre: Eu espero que eles tenham te custado caro!

(Sabendo o que vai te acontecer quando você tomar o seu sorvete, mesmo se eu tivesse pago 100 $ eu não teria me arrependido.
Nós tomamos nosso sorvete e papeamos. Eu olhei Ambre e não vi nenhuma reação alérgica.)

Nathaniel: Muito obrigado!

De nada!

Ambre: Eu não estou me sentindo bem... Vou me deitar um pouco. Nath, fique aqui comigo, eu não gosto de ficar sozinha.

(Eu não sei se ela está mentindo, ou se realmente não está se sentindo bem...)

Nathaniel: Está doendo em algum lugar? Vá se deitar, estou chegando. Sinto muito, Docete, eu volto logo.

(Eles foram para onde tinham deixado as toalhas e o guarda-sol.
Eu vou passear um pouco na praia, esperando para ver como as coisas irão evoluir)

Praia sudoeste

Dake: Olá, tudo bem? Está sozinha?

Hein? Oh, olá... Agora não, mas estou procurando uma amiga minha...

Dake: Deixa pra lá sua amiga! Vem comigo!

Não, não precisa, mas mesmo assim obrigada...
Bom, já que você insiste...

Dake: Legal! Venha, vamos conversar um pouco!

Certo... (Ele me pegou pelo braço e me fez segui-lo)

Praia noroeste

Dake: Então, me diga de qual escola você vem, assim eu vou me inscrever nela rapidamente!

Estudo em Sweet Amoris.

Dake: Eu não sabia que naquela escola tinha garotas tão bonitas... Que pena, é muito longe para mim.

Muito obrigada!
Foi um elogio, isso?

Dake: De nada! E como é seu nome?

Docete, e você?
Docete, (Só não me interessa saber como você se chama...)

Dake: O seu nome é tão bonito quanto você! Eu me chamo Dakota, mas todo mundo prefere me chamar de Dake.

Prazer!

Dake: Você vem sempre aqui?

Não, é a primeira vez. Eu morava em outra cidade antes.

Dake: Sério? Eu também não sou daqui, sou originário da Austrália. Eu vim visitar alguns familiares. Eu fiquei contente quando soube que tinha uma praia perto, mas aqui não tem boa onda, trouxe minha prancha sem necessidade.

Você curte surf? Que legal!
Pois é, por que você não volta então?

Dake: Ah ah, obrigado! Se tivesse onda de verdade eu te ensinaria, é uma pena.

Sim... É mesmo uma pena...

Dake: Não se preocupe, vamos fazer outra coisa! Além do que, não é nada mal se conhecer mais caminhando ao longo da orla.

(Terminar a conversa)

Praia sudeste

Você poderia me deixar em paz? Eu tinha algumas coisas para fazer antes de você se colar em mim.
Pena que você venha de tão longe. Você volta quando para a Austrália?

Dake: Esqueça tudo isso, tem coisas mais importantes na vida.

O que... (Ele pegou a minha mão e começou a me levar mais uma vez)

Nathaniel: Ela te pediu para deixá-la em paz.

(Nathaniel? Ele estava aqui há quanto tempo?)

Nathaniel: Deixa ela agora, entendeu bem?

Dake: Calma ai. Eu não estava fazendo nada demais. Bastava me dizer que não queria ficar comigo, Docete.

Eu tentei explicar várias vezes.

Dake: Entendi. Bom, até mais, então.

(Já... aceitou?! Eu deveria ter sido mais direta!)

Nathaniel: ...

Obrigada, Nathaniel! Eu não tenho a mínima ideia porquê esse tal de Dake pegou no meu pé...

Nathaniel: Você não podia cortar a conversa desde o começo?

Eu tentei explicar que não estava contente em vê-lo ao meu lado, mas...

Nathaniel: Tinha que ser mais convincente do que isso! De longe eu tive a impressão que a companhia te agradava! Mais um pouco e eu... Você é realmente muito bobinha!

S-Sinto muito...

Nathaniel: O importante é que você está bem... Mas a partir de agora você não sai de perto de mim, entendeu?

E-Entendi... Mas não acho que um outro rapaz venha me perturbar.

Nathaniel: Olhe um pouco para você, qual rapaz não teria vontade de se aproximar, falando sério? Vem comigo, se acaso aquele bobalhão tenha vontade de voltar.

Certo... (Uau, ele realmente está furioso, eu nunca tinha visto ele assim!)

Nathaniel: Vamos voltar para perto da Ambre. Ela não está se sentindo bem, não sei o que ela tem. Se eu não tivesse visto aquele cara ao seu lado, eu teria ficado perto dela, mas...
Bem, não vamos falar mais sobre isso. O principal é que ele parou de te azucrinar. Você vem?

Estou indo.

(Talvez a alergia finalmente se manifestou?)

Praia nordeste

Ambre: N-Não, não venham para cá!

(Mas é a voz da Ambre!)

Ambre: Nathaniel...

Ah ah ah!

Ambre: Não ria de mim, não tem nada de engraçado! Estou me coçando por todo o corpo...

(Eu não consigo, estou rindo de nervosa! Ah ah!)

Nathaniel: ... Você aprontou novamente, confesse, Ambre!

(Ele deve estar pensando que ela ficou alérgica de propósito.)

Ambre: Não, eu te juro... Isso coça muito, é horrível, eu vou para casa, não posso ficar desse jeito, todo mundo vai rir de mim...

Não, que nada... (Ah Ah ah!!!)

Nathaniel: ... Não conte comigo para voltar para casa com você. Estou cansado de seus caprichos.

Ambre: ... Eu te odeio.

(Ela pegou seus pertences e foi embora correndo.
Eu não vou levar essa história comigo ao paraíso, mas, céus, como me fez bem!)

Praia norte

Nathaniel: Faz bem esse silêncio, mas eu não sei se ficarei aqui por muito tempo... Senão, essa história corre o risco de se virar contra mim.

Você pode ir embora agora, se quiser.
Eu entendo, obrigada, você quer fazer algo?

Nathaniel: Hum... Você quer tomar um banho de mar? Eu acabei não indo na água...

Sim, estou com vontade também!
Eu preferia jogar frescobol ou bronzear um pouco?...

(Acabamos mergulhando, estava tão quente, fez bem.
Ficamos jogando água um no outro, brincando na água)
!!!
(O fecho da parte de cima do meu biquíni abriu! Que vergonha! Por quê isto foi acontecer comigo?! É uma punição pelo o que eu fiz com a Ambre?...)



(Eu estava tentando segurar meu biquíni com a maior dificuldade, quando Nathaniel deu um jeito de fechá-lo. Ainda bem que eu estava de costas para ele...
Se bem que eu pensei que ele ficaria tão constrangido quanto eu e sem saber o que fazer... Estou surpresa.)

(Fim do episódio)

26 comentários:

  1. omg,seu blog é mto pfto mas cade os outros episodios? eu preciso mto da sua ajuda please

    ResponderExcluir
  2. Eu fiz tudo igual .. e perdi a imagem com o Nathaniel no final '-'
    e agora ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. seu love com ele tinha q ta acima d 65 se n estou enganada..

      Excluir
    2. o meu love com nathaniel tá -8 eu não consegui a foto que ele ta passando o brozeador na costa da docete mas a foto que ele coloca o biquini dela eu consegui ... não sei como mas eu consegui

      Excluir
  3. eu perdi a imagem dele passando protetor nas costas da docete '-'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é realmete... se o loveô for menor de 60 vc n ganha a imagem do protetor com nenhum dos paqueras

      Excluir
    2. Mas eu estou com 57 e ganhei :v

      Excluir
  4. Precisa de em média, quantos PA's para concluir este episódio?

    ResponderExcluir
  5. Vou ficar com o Vendedor Ambulante, ele é gente boa e tem tudo <3 heueheuehuehe

    ResponderExcluir
  6. Eu li Dakota e já pensei, ué da para pegar mulher nesse jogo também ?? :3
    Se fosse vdd a Violette não conseguiria escapar <3 minha waifu do jogo

    ResponderExcluir
  7. Gente é nesse capítulo 9 que agente consegue beijar os paqueras na praia? Por favor me respondam! Queria tanto essa imagem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não ai só ganha a imagem de beijo só com o Dake (se vc for gentil com ele)
      Vc só beija seu paquera se eu não me engano no ep 28

      Excluir
    2. O beijo com seu paquera favorito é só no episódio 29 ;-; e eu ainda estou no episódio 9 :(

      Excluir
  8. A parte vermelha e a verde :qual é a resposta certa ?oq ta de vermelho?ou verde? Me ajudem please!

    ResponderExcluir
  9. não encontro a chinomiko ;-; , ja procurei em todo lugar

    ResponderExcluir
  10. Gnt eu quero replay com o Castiel,como eu faço pra escolher diretamente, ja encontrei os 3 rapazes?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caso voce tenha encontrado os tres antes e tiver fazendoum 4 replay, voce anda um pouco pela praia, e aí aparece tipo:
      (episódio com Nathaniel)
      (Episódio com Lysandre)
      (Episódio com Castiel)
      O meu apareceu tipo assim, mas isso só funciona quando voce tiver feitos replays e encontrado os tres.

      Excluir
  11. Socorro! O meu apareceu o Nathaniel, e eu ganhei a imagem do Lysandre... Não entendi, e meu maior loveô apesar de eu não querer, é com o Castiel, mas meu paquera favorito é o Lysandre...

    ResponderExcluir
  12. Aiai eu queria o ep com o Cast ou Lizandre ..mas o Nath não de todo mal ...agora me deu mais vontade ainda de fazer os tres replays hehe <3

    ResponderExcluir